Pina Bausch

Pina Bausch, cujo nome verdadeiro é Phillipine, nasceu em 27 de Julho de 1940, na cidade industrial de Solingen, na Alemanha. Começou a fazer dança aos 14 anos com um dos mestres da dança moderna alemã, Kurt Jooss. Grande bailarina, aprendeu com grandes mestres e estreou como coreógrafa em 1968. As suas coreografias são uma junção original de teatro e dança moderna, refletindo os sentimentos humanos – como a tristeza ou o amor –- sem necessidade de os traduzir num argumento fixo.

O seu primeiro grande sucesso aconteceu em 1975 com uma inusitada (e sensual) produção de “A Sagração da Primavera”, em que o palco estava coberto por terra molhada e os bailarinos em roupas que acentuavam as formas dos corpos. Três anos depois, ela criou outra peça de referência, “Café Muller”, em que solidifica um novo estilo, a dança-teatro, herdeira da Dança Expressiva alemã.

A sua reputação não mais parou de crescer e os seus trabalhos, baseados em sentimentos de angústia, alienação, frustração e crueldade, punham, sistematicamente, em causa ideias preconcebidas associadas ao gênero e ao sexo.

Pina não gostava de falar de si e, muito menos, das suas peças, tinha um ar distante e triste e, muitas vezes, o seu rosto era o espelho de grande parte da suas obras que pareciam assentar em pressupostos depressivos. Mas era considerada não só um ícone, como uma artista que revolucionou a maneira de ver e fazer a própria dança.
A sua frase mais famosa resume bem aquilo que pensava que era primordial no movimento e que fez questão de salientar nos seus espetáculos. “Não me interessa como os meus bailarinos dançam mas sim o que os faz dançar”.

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s